Início Fortaleza Polícia apreende 370kg de maconha em sorveteria e leva casal para prisão

Polícia apreende 370kg de maconha em sorveteria e leva casal para prisão

0
COMPARTILHAR
Robson Queiroz

Robson Queiroz

Comunicador e Gerente Financeiro em Jornal dos Municípios
Bacharel em Sistema de Informação; Comunicador; Produtor de Eventos; Já trabalhou em programa de notícias na Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube); Em 2013 recebeu a Comenda Jornalista Dutra de Oliveira pelos relevantes serviços prestados a comunicação no Ceará - concedido pela ACEJI (Associação Cearense de Jornalistas do Interior); Coordenador da PASCOM Araturi (Pastoral da Comunicação);Desenvolvedor de sites, sistemas e aplicativos; Programador visual gráfico (designer).
Robson Queiroz

370 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Civil em uma sorveteria no bairro Pirambu na noite do último domingo, 9. Um homem e uma mulher foram presos após as investigações comandadas pelo 7º Distrito Policial (DP).

De acordo com o delegado Paulo André Maia, titular do 7º DP, os policiais receberam denúncias anônimas sobre a chegada de um carregamento de maconha na região. Os trabalhos investigativos levaram os agentes de segurança a uma sorveteria que fica na rua Pedro Artur, local do esconderijo da maconha. Ao todo, mais de 370 quilos do entorpecente estavam divididos em 12 fardos com 24 tabletes cada e armazenados no banheiro do imóvel. O delegado ainda afirma que a sorveteria também funcionava como ponto de venda de drogas.

No local, Davi da Silva de Freitas, 39, e Vitoria Barros Gomes, 19, foram presos. Os dois não possuem antecedentes criminais. Eles foram presos pela guarda do entorpecente e autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

A droga, juntamente com o casal capturado, foi encaminhada para o 7º DP, que dá continuidade às investigações sobre o fato. A população pode auxiliar nos trabalhos policiais. Caso alguém tenha informações sobre o paradeiro de Sheldon Luiz, denúncias podem ser feitas para o disque denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), pelo número 181; para o 3101-2232, que é o telefone do 7º DP; ou para o (85) 9.8949-5645, que é o WhatsApp da unidade. Conforme a pasta, o sigilo é garantido.

Fonte: O Povo Online

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui