Início Fortaleza Adolescentes suspeitos de matar motorista da Uber são apreendidos em Fortaleza

Adolescentes suspeitos de matar motorista da Uber são apreendidos em Fortaleza

0
COMPARTILHAR
Robson Queiroz

Robson Queiroz

Comunicador e Gerente Financeiro em Jornal dos Municípios
Bacharel em Sistema de Informação; Comunicador; Produtor de Eventos; Já trabalhou em programa de notícias na Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube); Em 2013 recebeu a Comenda Jornalista Dutra de Oliveira pelos relevantes serviços prestados a comunicação no Ceará - concedido pela ACEJI (Associação Cearense de Jornalistas do Interior); Coordenador da PASCOM Araturi (Pastoral da Comunicação);Desenvolvedor de sites, sistemas e aplicativos; Programador visual gráfico (designer).
Robson Queiroz

A polícia apreendeu na noite desta quarta-feira (26) dois adolescentes suspeitos de participarem do assassinato do motorista da Uber Guilherme Silva Maia, de 22 anos, no Bairro Ancuri. O jovem foi morto com um tiro na cabeça enquanto trabalhava em seu carro.

A dupla de 13 e 16 anos foi capturada por policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em uma casa na mesma localidade onde ocorreu o crime. Segundo as investigações, o adolescente de 16 anos foi o autor do disparo que atingiu a vítima. Ela já havia sido capturado anteriormente por roubo em 2015 e por tráfico de drogas e crime contra o patrimônio público no ano passado. O outro adolescente jogou uma pedra que quebrou o vidro do motorista.

“Descobrimos que a vítima foi atingida por um único tiro de uma espingarda calibre 12, disparado pelo infrator de 16 anos. A munição utilizada é do tipo balins, que ao sair da arma provoca diversos estilhaços, que equivalem a vários tiros de calibre 12”, explicou o delegado Osmar Berto, responsável pelo caso.

Os adolescentes foram conduzidos para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde estão recolhidos. A polícia segue investigando para tentar apreender a arma utilizada.

“Nós já apreendemos os dois infratores que efetivamente cometeram o crime. Porém, estamos no encalço de outras pessoas que deram apoio aos crimininosos”, disse o delegado.

Fonte: G1 CE

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui