Início Nacional STF arquiva ação que acusava Tiririca de ser analfabeto

STF arquiva ação que acusava Tiririca de ser analfabeto

0
COMPARTILHAR

Em sessão nesta quinta-feira (21), o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou a ação do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o deputado Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o Tiririca. O STF concluiu que o parlamentar é alfabetizado e ainda o absolveu das acusações de falsidade ideológica e ocultação de bens.

O ministro Gilmar Mendes, relator do processo, rejeitou todas as acusações Foto: Divulgação

De acordo com a denúncia, Tiririca teria fraudado seu pedido de registro de candidatura nas eleições de 2010 ao alegar que sabe ler e escrever. O MPE acusava o palhaço de seranalfabeto e dizia que sua candidatura foi um “estelionato eleitoral”.

O ministro Gilmar Mendes, relator do processo, rejeitou todas as acusações. O ministro considerou que, apesar de ter dificuldades para ler e escrever, Tiririca é alfabetizado de modo suficiente para exercer o cargo de deputado.

Durante a sessão, os demais ministros seguiram o voto do relator. Para Mendes, Tiririca comprovou, ainda, que transferiu seus bens para os filhos de maneira legal.

A maioria dos ministros seguiu voto do relator, ministro Gilmar Mendes. Ele entendeu que a denúncia do MPE não foi investigada corretamente e usou notícias veiculadas na imprensa para justificar a acusação. Além de Mendes, os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Joaquim Barbosa votaram pelo arquivamento.

Na ação penal, o MPE solicitou que peritos avaliassem se Tiririca era analfabeto e pediu que ele fosse condenado a cinco anos de prisão. O juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, já havia negado o pedido da promotoria, que recorreu, levando o caso ao STF.

Fonte: Diário do Nordeste

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.