Preocupante a situação dos jogos de azar no Rio Grande do Sul

0
54
Imagem de divulgação da Web

Os operadores de jogos estão investindo cada vez mais no mercado Gaúcho a partir da decisão da Turma Recursal dos Juizados Especiais Criminais do Rio Grande do Sul, que determinou que no Estado, a prática do jogo de azar não é mais considerada contravenção penal. Esta decisão provocou o Recurso Extraordinário (RE 966.177) interposto pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul no Supremo Tribunal Federal e que resultou na Repercussão Geral, que terá o mérito julgado pelo Plenário do STF assim que for pautada pela presidente da Corte Suprema, Carmen Lúcia.

Mas está cada vez mais preocupante este aumento nas operações dos jogos em todo o estado. Segundo a Polícia, mais de 100 casas de jogos de azar funcionam atualmente na Capital. Só neste ano, quatro operações da Polícia Civil fecharam bingos na Capital. Porém, todas foram reabertas um dia após serem autuadas.

Reportagem de Pedro Garcia e Letícia Mendes para o portal GAZ (veja em Bingo), apresenta o cenário dos bingos em Santa Cruz do Sul.

Bingos em Santa Cruz do Sul: o jogo não para

Fechado pela polícia, estabelecimento clandestino voltou a funcionar em três horas e meia no Centro de Santa Cruz. Reportagem do Portal GAZ mostra em vídeo a remontagem do bingo entre o fechamento às 15h20m e a reabertura às 21h30m.

Fonte: http://www.bnldata.com.br/

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.