Início Internacional Ilha de Guajiru: Paradisíaco Cenário para prática do Kitesurfe

Ilha de Guajiru: Paradisíaco Cenário para prática do Kitesurfe

0
COMPARTILHAR

Estado possui um paradisíaco cenário que contribuiu para que se inserisse na rota internacional do kite

A reportagem deste domingo dá sequência ao projeto de mapeamento dos paraísos litorâneos da costa oeste do Estado. E a aventura nos levou à Ilha de Guajiru, que recebe visitantes do mundo inteiro à procura do clima bucólico de vila de pescadores e adrenalina dos seus ventos para a prática do kitesurfe.


Distante cerca de 150 Km da Capital, Guajiru é um paraíso dos esportes radicais FOTO: NATINHO RODRIGUES

Nossa expedição começou a 150km da Capital cearense. Na verdade, o plano era ir para Jericoacoara, dividindo a viagem de 300km ao meio. Como a Praia de Guajiru é o ponto equidistante entre Fortaleza e Jeri, ficaríamos dois dias por lá e depois seguiríamos para o destino final. Na equipe, George Noronha, o surfista profissional Adilton Mariano, Bruno Nogueira e mais os feras do kitesurf – freestyle, Set Teixeira e Erick Anderson.

Após dias incríveis de manobras radicais na lagoa do Jegue, Lagoinha e praia do Guajiru, decidimos partir para Jeri. Foi quando Bruno perguntou se eu já conhecia a Ilha do Guajiru. Falei que tinha ouvido falar. E aí descobri que a ilha do Guajiru era na verdade pequena península formada por uma lagoa salgada, que muda com a maré, o que de certa forma parecia trazer um charme especial para o lugar.

Mudança

Com a mudança nos planos, decidimos seguir pela estrada até o município de Itarema e de lá ir para Guajiru, dessa vez, a ilha. Ainda no caminho, paramos na estrada para avaliar as condições do vento. Sentimos que estava forte, e estávamos a quilômetros da praia. Mas Set e Erick não se intimidaram com as condições e tocamos para a praia.

A estrada acabou na areia e bastou o carro parar para que a turma saltasse e começasse a armar o circo: desenrola fios, estica, puxa, infla as pipas, ajeita o trapézio… e finalmente, os meninos decolam, no sentido mais literal da palavra. O vento estava ainda mais forte.

Bastou a turma cair na água para mudar a rotina da ilha. Bruno e Adilton foram mais comedidos. Mas Set e Erick não desperdiçaram a chance de radicalizar nas manobras e aproveitaram o visual para garantir incríveis imagens para essa reportagem.

“Acho a Ilha do Guajiru um dos lugares mais bonitos que já vi. Velejar aqui é fantástico! Só entende quem já teve a oportunidade de ver esse visual com os próprios olhos. Costumo vir aqui para fazer fotos, mas sempre digo aos amigos que as fotografias dão apenas noção de toda a beleza desse lugar”, declarou Set.

Jeri, enfim

Saímos da ilha do Guajiru por volta das 16h e chegamos à Praia do Preá quase às 17h. O Preá é a última praia antes de se chegar a Jeri. E o cair da noite nos encontrou exatamente na duna do Pôr do Sol de Jeri. Terminava ali uma aventura incrível entre alguma das principais praias do litoral oeste do Estado do Ceará.

O único problema, após uma viagem como essa, é que não dá para saber qual será o nosso próximo destino. Isso porque ainda existe muito a mostrar, a conhecer e desfrutar o que a natureza desse paraíso na Terra chamado Ceará tem a nos oferecer.

GEORGE NORONHA
ESPECIAL PARA O JOGADA

Diário do Nordeste

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.