Início Fortaleza Ceará perde para o Inter no Castelão e vê G4 ficar mais...

Ceará perde para o Inter no Castelão e vê G4 ficar mais distante

0
COMPARTILHAR
Ceará esbarrou na marcação do Inter e não criou muitas chances de gol. Foto: Júlio Caesar

Poderia ser a partida da afirmação, mas o jogo contra o Internacional-RS virou uma ducha de água fria na reação do Ceará na Série B do Brasileiro. Na noite desta terça-feira, 11, o Alvinegro foi derrotado por 2 a 0 pelo time gaúcho e decepcionou os 21.522 torcedores que pagaram ingresso para assistir ao jogo na Arena Castelão.

Com o resultado, o Alvinegro se manteve com 18 pontos e perdeu três posições na tabela, caindo para a 8ª colocação. Já o Colorado chegou aos 21 pontos e subiu do 6º para o 5º lugar.

O Ceará volta a campo no próximo sábado, 15, para enfrentar o Juventude, às 19 horas, novamente na Arena Castelão. No mesmo dia, às 16h30min, o Inter encara o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O Inter construiu sua vitória ainda no primeiro tempo de jogo. Logo aos 11 minutos, em falha da defesa alvinegra, Winc cobrou lateral para Edenílson, que invadiu a área pela esquerda da defesa alvinegra e cruzou para William Pottker, livre na área, só empurrar para o gol.

O lado esquerdo da defesa alvinegra foi o ponto mais fraco do time. Por lá o Inter criou suas melhores chances e chegou ao segundo gol. Aos 19 minutos, Éverson fez duas grandes defesas nos chutes de Cláudio Winck e Pottker, mas quando Nico López pegou a sobra na entrada da área e mandou uma bomba no ângulo, o camisa 1 do Vovô nada pôde fazer.

O Vovô sentiu os gols e no resto do jogo tentou o empate mais na base do desespero que na organização. O Inter, que passou a explorar os contra-ataques, foi quem esteve mais perto de marcar, e não fosse o goleiro Éverson, o placar teria sido ainda mais elástico.

Novamente o Alvinegro mostrou problemas no setor de criação e os atacantes não foram bem municiados. A única tentativa foi na base de cruzamentos. Foram 48 bolas jogadas na área, sendo 44 delas erradas. Mesmo com maior posse de bola (60% x 40%), o Ceará pecou muito nas finalizações. Das 18 tentativas, apenas quatro foram na direção do gol.

A partida é sintomática e serve para mostrar os pontos que o Alvinegro deve corrigir para que possa voltar a vencer e não ver o G4 da Série B ficar ainda mais distante.

 

Fonte: http://www.opovo.com.br

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.