Início Municípios Várzea Alegre projeta seminário sobre a cultura do algodão

Várzea Alegre projeta seminário sobre a cultura do algodão

0
COMPARTILHAR

As secretarias de Desenvolvimento Agrário e Econômico e de Meio Ambiente de Várzea Alegre, representadas respectivamente, pelo coordenador da Unidade de Pecuária José Marcondes Saldanha e pelo secretário J. Marcílio, acompanharam um dia de campo, no data de 28 de junho, nas cidades de Iguatu e Acopiara, com o objetivo de revitalizar a cultura do algodão na região.

A iniciativa faz parte do Projeto Ouro Branco, encabeçada pela EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a UFCA – Universidade Federal do Cariri.

Foi observado que com manejo correto, a praga do bicudo, que dizimou a cultura do algodão do Ceará na década de 1980, não atacou as plantações.

Com o sucesso dos projetos a EMBRAPA e a UFCA buscam parcerias junto às prefeituras, para tentar revitalizar a cotonicultura e criar oportunidade de geração de renda para o agricultor cearense.

Há, no município de Acopiara, uma usina beneficiadora de algodão que opera com 5% de sua capacidade, e que se propõe a comprar toda a produção da região. Atualmente, uma arroba de algodão, que pesa 15kg, é negociada na usina ao preço de R$ 28,00.

De olho neste projeto de sucesso, é pretensão das secretarias de Desenvolvimento Agrário e Econômico e de Meio Ambiente de Várzea Alegre, realizar nesta cidade um seminário sobre a cultura do algodão, com participação da Embrapa e da UFCA.

Assessoria de Comunicação

 

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.