Pacatuba sedia pela primeira vez o Festival Internacional Sete Sóis Sete Luas‏

0
35
Aclamado pelo público presente como um Festival diferenciado que foge dos padrões comuns, o Festival Internacional Sete Sóis Sete Luas foi realizado no município de Pacatuba nos dias 15 e 16 de novembro e teve por objetivo o desenvolvimento sociocultural, o acesso ao conhecimento estético e a exportação de produtos culturais e apresentou uma programação de artes integradas, estruturada em ações de formação através das oficinas, apresentações artísticas, tendo a linguagem Música como principal ferramenta para a execução e fruição da arte, aliada a ações relacionadas com a exportação das artes plásticas cearenses durante todo o ano de 2013.
Com programação totalmente gratuita , o festival contou com dois espetáculos musicais internacionais: de Custódio Castelo (Portugal), conhecido como o mestre da guitarra portuguesa e do grupo Korrontzi (País Basco – Espanha), que homenageia  a cultura popular  com suas músicas baseadas no folclore da região, com tempero de guitarras, violões, batuques e acordeons típicos daquele país, com sonoridade alegre, dançante ao mesmo tempo em que é suave, lúdica.
Sobre o show de Korrantzi, a moradora  Elenita Bonfim,da localidade do Alto São em Pacatuba, afirmou que adorou a musicalidade diferente.
” Estou muito empolgado com o ritmo, foge totalmente aos padrões das músicas que costumamos ouvir”.
Ticiana Martins, outra moradora de Pacatuba, classificou a apresentação como “maravilhosa” e acrescentou que o show trouxe um cultura diferente  para o povo de Pacatuba.
As Bandas cearenses Dona Zefa e Soul Pop também fizeram o agito do público pacatubano durante o Festival SSSL.
O evento contou com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Pacatuba, do Governo do Estado do Ceará. Com uma programação estruturada em ações de formação com apresentações artísticas, oficinas de formação em musica e gastronomia, além da realização de uma Feira Gastronômica e de Artesanato, organizada com o apoio técnico do SEBRAE.
A Feira Internacional Gastronômica em Pacatuba, teve como protagonista a banana, onde foi realizado um concurso do melhor prato utilizando o produto como ingrediente principal.
Chefes de cozinha da Itália e Espanha estiveram presentes na feira, compondo a banca de jurados do concurso, e oferecendo oficinas gratuitas da gastronomia desses países para a população local.
Além da música e da culinária, o artesanato foi outro elemento forte durante a realização do Festival com mostras diversificadas para o público presente.
Na noite de abertura, estiveram presentes diversas autoridades locais, dentre elas, o prefeito e o vice-prefeito de Pacatuba, Dr. Alexandre Alencar e Dr. Marcelo Augusto, além da primeira-dama Jeane Alencar.
Sobre o festival Sete Sois Sete Luas (SSSL)
O Festival Sete Sóis Sete Luas (SSSL) foi criado em 1993  chegando à sua XXI edição em 2013. Trata-se de uma iniciativa promovida pela Associação Cultural “Sete Sóis Sete Luas”  com sede em Ponte de Sôr (Portugal) e em Pontedera (Itália), onde a Associação gere os Centrum Sete Sóis Sete Luas (centros culturais).
Inicialmente restrito a Itália e a Portugal, o evento expandiu-se, sob forma de rede cultural, reunindo hoje 40 cidades de 13 Países do Mediterrâneo e do mundo Lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália,  Marrocos, Portugal e Roménia.
O nome do Festival  é inspirado por duas personagens literárias, Baltazar e Blimunda, fascinantes e comoventes protagonistas do grande romance de José Saramago, “Memorial do convento”. De fato o escritor José Saramago, ao lado do também Prêmio Nobel da Literatura Dario Fo, foi durante 18 anos o Presidente Honorário de SSSL.
Desde 2012, o novo Presidente Honorário do Festival, juntamente com Dário Fo, é o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.
O Festival desenvolve as suas atividades em torno da música popular contemporânea ,das artes plásticas,  e da gastronomia contando com a participação de grandes figuras da cultura Mediterrânica e Lusófona, nomeadamente e com especial ênfase em pequenas cidades.
Helany Cristina Holanda
Assessoria de Imprensa de Pacatuba
Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.