Início Fortaleza Zoológico Sargento Prata de Fortaleza é interditado pelo Ibama

Zoológico Sargento Prata de Fortaleza é interditado pelo Ibama

0
COMPARTILHAR

O Zoológico Municipal Sargento Prata, no Passaré, foi interditado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Depois de passar por uma fiscalização há 17 dias, o Ibama e a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) constataram inúmeras irregularidades e apresentaram, na última sexta-feira, 1º, ofício de interdição e multa à Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização (Emlurb), responsável por administrar o espaço. 

A avaliação do local foi feita após a Semace receber denúncia de funcionamento irregular. Por meio do setor de Defesa da Fauna (Sedfauna), da Superintendência,a fiscalização foi local, em parceria com o Ibama. Havia ausência de licenciamento e autorização de manejo de fauna; falta de responsáveis técnicos – biólogo e veterinário, obrigatórios para esta categoria de empreendimento; ausência de ambulatório adequado ao tratamento e atendimento dos animais; ausência de convênio com laboratório; ausência de laudos de necrópsia do animais que vieram a óbito nos últimos meses; ausência da entrega de relatórios anuais de atividades; descumprimento parcial de Termo de Ajuste de Conduta, dentre outras.

Diante da situação, o Ibama procedeu com a lavratura dos Autos de Infração e do Termo de Interdição em cirtude da ausência de relatórios anuais de atividades nos prazos exigidos pela legislação e por fazer funcionar atividade utilizadora de recursos ambientais contrariando normas legais e regulamentares, ficando, pois, suspensa a visitação pública.

Por nota, a Emlurb informou que “tem realizado melhorias para garantir o bem estar, segurança e saúde dos animais”. Disse ainda que “no quadro de pessoal há um veterinário, que realiza o atendimento dos animais diariamente. Outro veterinário e um biólogo já foram selecionados e estão em fase de contratação”. Quanto ao Termo de Ajustamento de Conduta (em descumprimento, segundo a fiscalização), a empresa afirmou que vai tentar inteirar-se desse teor para proceder a adoção de medidas cabiveis.

A frustração diante das portas fechadas
Ele planejou “curtir a tarde junto com os animais”. E ainda se divertir nos brinquedos e lanchar “em um local diferente da casa da gente”.Cauã Iarley, 9, chegou ao Zoológico Municipal Sargento Prata, no Passaré, na tarde desta quinta, pensando em reencontrar o jacaré “engraçado, porque não sai do canto nunca” e se deparou um local de portas fechadas.

Junto com a mãe, Aldemira Paula Alves, 30, e a irmã Emanuelle Maria, 3, o garoto ficou decepcionado. Para explicar o motivo do não funcionamento para Cauã e a família, ninguém. O aviso escrito no portão de entrada lembra, em vão, que as visitas ocorrem de terça a domingo, das 8h às 16 horas. Nenhum comunicado sobre a interdição.

“Mas no sábado, ele vai abrir?”, o garoto pergunta. A mãe olha novamente entre as grades cerradas do zoológico, em busca de alguém que possa dar informações. Nenhuma pessoa aparece. E conclui: Provavelmente não, filho”. “A gente via que estava muito descuidado, mas, pelo menos, tinha uns brinquedos para as crianças.É triste isso, menos um espaço para lazer em Fortaleza”,lamenta  Aldemira.

Sara Rebeca Aguiar

sararebeca@opovo.com.br 

O Povo

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.