Início Fortaleza Traficante engana Polícia e evita prisão

Traficante engana Polícia e evita prisão

0
COMPARTILHAR

Francisco Uanderson da Silva, o “Zé da Barra”, um dos traficantes mais procurados da Barra do Ceará, foi preso na última segunda-feira. Levado à delegacia, o criminoso evitou a prisão com um documento falso

Um dos homens que já esteve entre os mais procurados do Estado foi preso pela Polícia Militar e solto pela Civil, num intervalo de 7 horas.O POVO apurou que Francisco Uanderson da Silva Souza, 25 anos, conhecido como “Zé da Barra”, foi capturado por policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam) após perseguição policial, na madrugada da última segunda-feira. Entretanto, no 7º Distrito Policial, no Pirambu, o suspeito apresentou uma identidade falsa e acabou liberado.

Francisco Uanderson é considerado um dos maiores traficantes da região da Barra do Ceará. Segundo fontes da Polícia, o suspeito foi preso durante um patrulhamento de rotina do Cotam.

Por volta das 2 horas da segunda, uma viatura passava pela avenida Bezerra de Menezes, na Capital, quando se deparou com um veículo modelo Volkswagen Voyage sendo perseguido por uma caminhoneta Ford S-10, ocupada por cinco homens. Passageiros e motoristas dos carros trocavam tiros. Todos foram abordados e presos pelos PMs. No Voyage estava o homem que seria o Zé da Barra. Acompanhado da esposa e de uma criança, que seria sua filha, ele se identificou como Leanderson da Silva Sousa.

O documento apresentado, entretanto, seria falso. Dentro do Voyage, policiais encontraram duas munições de pistola calibre 380, uma intacta e uma deflagrada. A arma teria sido descartada durante a perseguição.

Dos cinco ocupantes da S-10, apenas o motorista não tinha antecedentes criminais. De acordo com fontes ouvidas pelo O POVO,todos os outros respondiam por crimes. Com eles, foi encontrada uma pistola calibre ponto 45, de uso exclusivo das Forças Armadas.

7º Distrito Policial

Os acusados foram conduzidos ao 7º DP, que responde também pela área da Barra do Ceará, bairro onde atuava o grupo do qual Francisco Uanderson fazia parte. Na delegacia, os ocupantes da S-10 foram acusados de porte ilegal de arma, formação de quadrilha e disparo em via pública. Não há informações de que eles tenham sido liberados.

Francisco Uanderson foi acusado de porte ilegal de arma e disparo em via pública, ambos crimes afiançáveis, já que as penas de detenção são inferiores a quatro anos. Na manhã da segunda-feira, o titular da unidade arbitrou a fiança do acusado, que não teria sido reconhecido pelos agentes da delegacia e liberado.

Um dos policiais do Cotam suspeitou da identidade de Uanderson. Em casa, ele teria acessado a Internet para tentar identificá-lo. Alertados, agentes do Departamento de Inteligência da Polícia Civil foram até a delegacia, mas, o chegarem à unidade, o acusado já havia sido solto.

Sem respostas

O POVO tentou ouvir o titular do 7º DP durante a manhã, tarde e noite de ontem. As chamadas no celular do delegado, porém, não foram atendidas. Na delegacia, inspetores informaram que o delegado estava em diligência e não tinha previsão de retorno.

O delegado-geral da Polícia Civil, Andrade Júnior, também foi procurado, mas as ligações para o celular dele não foram atendidas nesse mesmo período.

O relações-públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Fernando Albano, disse que desconhecia quaisquer informações sobre o caso. “No momento em que a ocorrência chega até a delegacia, a competência passa a ser da Polícia Civil. No caso, da autoridade policial, o delegado”, disse.

Saiba mais

“Zé da Barra” teria participado de roubos ao Beach Park e à loja “Amélia Joias”, no Shopping Aldeota, além de arrombamento a caixas eletrônicos da Secretaria Executiva Regional SER II e da Secretária da Saúde do Estado. Todos os crimes cometidos em 2011.

De acordo com a Secretaria da Justica e Cidadania (Sejus), Uanderson deu entrada no sistema prisional três vezes, respondendo por 10 autuações: três receptações, dois roubos, dois portes ilegais de arma, um homicídio, um latrocínio e um crime contra a administração pública. Ele havia sido solto da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) de Caucaia, em 5 de junho deste ano.

Fonte: O Povo

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.