Início Educação Servidores de escolas municipais de Fortaleza ameaçam greve devido ao atraso nos...

Servidores de escolas municipais de Fortaleza ameaçam greve devido ao atraso nos salários

0
COMPARTILHAR

Porteiros, merendeiras e zeladores terceirizados das escolas municipais de Fortaleza ameaçam fazer greve devido ao atraso nos salários de  julho. De acordo com Maria da Penha, secretária geral do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Condomínios e Limpeza Pública do Estado do Ceará (Seeaconce), na próxima segunda-feira, 28, será realizada uma assembleia para decretar a greve dessas categorias.

Segundo Maria da Penha, a situação atinge cerca de 4.800 trabalhadores e, caso a greve se confirme, as cerca de 290 escolas municipais poderão ser prejudicadas. “A SME (Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza) alega que está sem dinheiro, com isso os profissionais ficam sem receber e já está se encaminhando para fechar dois meses de atraso, já que no 5º dia útil de setembro deveria entrar os vencimentos de agosto”, afirma. O salário médio dessas categorias variam entre R$ 985 para zelador e R$ 1.072 para porteiro e merendeira.

Imagem de divulgação da Web

Na última quarta-feira, 23, foi realizada uma audiência no Ministério Público do Trabalho para tratar sobre o assunto, mas não foi fechado um acordo. Ainda segundo a secretária geral do Seeaconce, o motivo dos atrasos seria a falta do repasse de verba da Prefeitura para as empresas terceirizadas. “Durante a audiência, descobrimos que a Prefeitura deve três faturas para três das empresas terceirizadas contratadas. Em uma delas, a dívida chega a R$ 38 milhões”.

Maria da Penha, as empresas terceirizadas que a Prefeitura está em atraso são Fortal Empreendimentos, Ello Serviços, Missão Serviços, Vespa Consórcio de Serviços e Rent Serviços Empresariais.

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME) informou que segue em articulação com a empresa terceirizada responsável pelos contratos das categorias. Ainda conforme a SME, os funcionários terceirizados receberam os vales transporte e refeição, e a expectativa é de total regularização da situação. A Secretaria confirmou o atraso no repasse em mais de uma empresa.

Empresas

O POVO Online entrou em contato com a Fortal Empreendimentos, mas as ligações não foram atendidas.

A Ello Serviços informou que todos os profissionais das escolas municipais estão em dia. A empresa afirmou ainda, que disponibiliza para a Prefeitura porteiros, auxiliares de serviços gerais e de serviços burocráticos.

A Missão Serviços confirmou ao POVO Online que a SME está em atraso dois meses, porém os profissionais contratados pela terceirizada estão com os salários em dia. A Missão Serviços também ressalta que os profissionais contratados pela Prefeitura não fazem parte das categorias citadas na matéria, pois são coordenadores do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

O POVO Online entrou em contato com a empresa Vespa Consórcio de Serviços, mas foi informado, por uma funcionária que não quis se identificar, que não havia ninguém no local que pudesse falar sobre o assunto. A funcionária também não soube confirmar se a Vespa Consórcios e Serviços possui contratos com a prefeitura e se o mesmos estão em atraso.

A Rent Serviços Empresarias foi procurada pelo POVO Online, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: http://www.opovo.com.br/

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.