Início Fortaleza Reajuste dos servidores estaduais deve ser apenas inflação, diz Cid

Reajuste dos servidores estaduais deve ser apenas inflação, diz Cid

0
COMPARTILHAR

A perspectiva do mercado é que a inflação feche 2013 entre 5,5% e 5,83%. Segundo Cid Gomes, reajuste não deve ser maior porque o ano foi “difícil”

O reajuste salarial dos servidores do Estado em 2013 deverá ficar entre 5,5% e 5,83%, o que equivale à perspectiva do mercado sobre a inflação deste ano, segundo o governador Cid Gomes.

 

O chefe do Executivo disse que a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) já está fazendo um acompanhamento sobre o índice de reajusta, mas não se mostra otimista diante das possibilidades.

 

“Não alimento grandes expectativas para os servidores estaduais. Foi um ano muito difícil para o Governo, onde o custeio dos servidores e os gastos com os investimentos subiram muito acima da receita. Por isso, o reajuste deverá ser somente na compensação da inflação”, disse o governador.

 

Sobre os gastos do Governo para pagar a folha mensal dos servidores, Cid destacou que foi preciso uma série de medidas para que os compromissos financeiros não sofressem atraso.

 

“Este ano foi complicado para as nossas receitas. Tivemos que fazer uma série de medias de substituição de fontes de investimento para não atrasar os compromissos”.

 

Em 2012, o Estado concedeu aumento também equivalente à inflação anual, que foi de 5,58%. A previsão do Banco Central, através do boletim Focus divulgado ontem, é que a inflação deste ano seja de 5,83%, podendo chegar 5,85.

 

Crítica à taxa de juros

Durante seu discurso na abertura do 5º Fórum sobre Inclusão Financeira, do Banco Central, que este ano acontece em Fortaleza, Cid Gomes criticou a elevação da taxa de juros pelo BC para combater a inflação no País.

 

“O Banco Central deve ter outros mecanismos de combate a inflação, que não seja essa elevação consecutiva da taxa de juros. Isso gera custos e prejudica o desenvolvimento do estado”, disse.

 

Porém, para Cid Gomes, a inflação deve ser controlada e acompanha diretamente pelo Banco Central.

 

“Os gastos do poder público são um dos que devem ser fiscalizados também pelo Banco Central. Temos que ter zelo pela moeda”, disse. Para ele, com a inflação controlada o nível de investimentos do Ceará pode ser maior.

 

“É ter a economia equilibrada que assegura os investidores. Além disso, é importante que a população possa ter ganhos reais com o seu salário”, finalizou.

Fonte: O Povo

 

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.