Início Fortaleza Ônibus são recolhidos em Fortaleza após veículos serem incendiados

Ônibus são recolhidos em Fortaleza após veículos serem incendiados

0
COMPARTILHAR
Robson Queiroz

Robson Queiroz

Comunicador e Gerente Financeiro em Jornal dos Municípios
Bacharel em Sistema de Informação; Comunicador; Produtor de Eventos; Já trabalhou em programa de notícias na Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube); Em 2013 recebeu a Comenda Jornalista Dutra de Oliveira pelos relevantes serviços prestados a comunicação no Ceará - concedido pela ACEJI (Associação Cearense de Jornalistas do Interior); Coordenador da PASCOM Araturi (Pastoral da Comunicação);Desenvolvedor de sites, sistemas e aplicativos; Programador visual gráfico (designer).
Robson Queiroz

Atualizada 14:40 – 19/04/2017

No início da tarde desta quarta-feira ataques criminosos a ônibus em Fortaleza obrigou as empresas recolherem seus veículos.  Segundo o comandante da Polícia na capital, cel. F. Souto, vândalos atearam fogo em ônibus nas localidades de Barroso, Barroso, Cidade Jardim, Barra do Ceará, Jangurussu, Osório de Paiva e Edson Queiroz. Os ataques teriam iniciado por volta de 12h, quando um motorista ficou ferido no bairro Barroso e foi socorrido pelo SAMU.

Polícia Militar e Civil estão nas ruas mobilizados a investigar esses incêndios. Não se sabe ainda a origem do ataque. Segundo informações, os terminais estão sendo fechados sem previsão de retorno.

As primeiras informações que trouxemos foi que após o ataque a ônibus coletivos em Fortaleza, a Etufor havia recomendado as empresas recolherem seus veículos para a garagem, visando garantir a segurança dos colaboradores assim como proteger seus bens. O Jornal dos Municípios entrou em contato com a Empresa Vitória, que faz a rota metropolitana entre a cidade de Caucaia e Fortaleza, e eles teriam sido informados sobre um total de 10 ônibus incendiados. Já o Sindiônibus informou que todos os ônibus em Fortaleza foram recolhidos após o registro de ataque a 7 veículos.

Confira os vídeos abaixo:

Redação Jornal dos Municípios

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.