Início Fortaleza De ônibus a bancários: confira categorias que paralisarão nesta sexta

De ônibus a bancários: confira categorias que paralisarão nesta sexta

0
COMPARTILHAR
Diversas categorias que atendem a população de Fortaleza decidiram aderir ao movimento de greve geral convocado por todo o País nesta sexta-feira, 30. Na Capital, manifestações estão marcadas para as 9h na Praça Clóvis Beviláqua – conhecida como Praça da Bandeira -, no Centro.
As mobilizações ocorrem em protesto às reformas trabalhista e da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional. Algumas entidades e centrais sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), cobram ainda saída do presidente Michel Temer (PMDB) e realização de novas eleições diretas.
“Só o povo na rua pode parar essas reformas, derrubar Temer e garantir que os trabalhadores e a população elejam um novo governo e um novo Congresso”, diz carta aberta do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Ceará (Sintro-CE). A entidade afirma que a categoria irá paralisar atividades nesta sexta, mantendo uma parcela de atendimento à população.
Instituições de ensino
Nas redes sociais, dirigentes dos sindicatos dos servidores e docentes do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e da Universidade Federal do Ceará (UFC) também estão convocando categorias para cruzarem os braços na sexta. A suspensão de aulas, no entanto, ficará a cargo de cada professor.
Nas escolas das redes públicas de Fortaleza e do Estado, tendência também é de paralisação pelo menos durante a manhã. Segundo a presidente do sindicato dos professores da rede estadual (Sindiute), Gardênia Baima, a categoria tem demonstrado “adesão massiva” ao movimento desta sexta durante visita da entidade a escolas.
É o segundo movimento de greve geral promovido por centrais neste ano. O primeiro ocorreu no dia do trabalho, 1º de maio. Confira que categorias já decidiram pela adesão aos movimentos grevistas desta sexta-feira.
Ônibus: O sindicato dos cobradores e motoristas de ônibus (Sintro) divulgou nota convocando a categoria para atos desta sexta-feira. Segundo dirigentes da entidade, profissionais deverão paralisar atividades, mantendo um percentual mínimo de atendimento. Nos últimos dias, o Sintro tem visitado terminais de ônibus convocando população e categorias para os atos.
Bancários: A categoria definiu adesão à greve em assembleia realizada nesta terça-feira. Segundo o sindicato dos bancários, categoria irá se concentrar a partir das 9h no Centro de Fortaleza. A ordem é paralisar atendimentos durante os atos contra o governo Temer, com participação na manifestação e panfletagem de demandas do setor.
Escolas: Sindicatos de professores da rede pública de Fortaleza (Apeoc) e do Estado (Sindiute) decidiram aderir às manifestações em Fortaleza. Eles reivindicam eleições diretas e implementação do piso da categoria. A suspensão das aulas ficará a cargo de cada professor, mas visitas dos sindicatos às escolas constataram adesão massiva da categoria às paralisações.
Universidades: Sindicatos dos servidores do Instituto Federal do Ceará (Sindsifce) e dos servidores (Sintufce) e professores (Adufce) da Universidade Federal do Ceará (UFC) decidiram aderir ao movimento e convocaram categorias a participarem dos protestos marcados para a manhã. A paralisação de aulas, no entanto, ficará a cargo de cada professor.
Construção Civil: Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da RMF (STICCRMF) promete paralisar canteiros de obras de grandes  construtoras. Segundo Laércio Santos, um ônibus circulará a partir das 6h para recolher operários em canteiros da BSPar, Moura Dubeux e Mota Machado para participação nas manifestações.
Gráficos: Rogério Andrade, diretor do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Gráficas do Ceará (Sintigrace), deve fazer uma convocatória para que os trabalhadores participem da manifestação. “Não temos uma estimativa fechada porque é uma categoria pulverizada”. Ele aponta que a maioria das empresas da Cidade é de pequeno porte.
Comércio: Entidades ligadas aos comerciários prometem fechar as portas nesta sexta, especialmente na região do Centro. A Câmara dos Dirigentes Lojistas, no entanto, promete “dia normal” de trabalho.
Fonte:  O POVO Online
Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.