Início Fortaleza Criança pode ter sido raptada por dívida com tráfico de drogas

Criança pode ter sido raptada por dívida com tráfico de drogas

0
COMPARTILHAR

O desaparecimento da menina Débora Lohany de Oliveira, 4, na noite da última segunda-feira (27), provocou intensa mobilização de populares, policiais e bombeiros. A criança foi vista pela última vez brincando em frente à sua casa, no bairro Aerolândia. Vizinhos relataram que ela foi levada por um homem em direção ao viaduto da Avenida Raul Barbosa. A Polícia investiga uma suposta dívida da mãe e do padastro da vítima, por conta do tráfico de drogas.
Participaram das buscas, policiais militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), e do Policiamento Ostensivo Geral e do Ronda da área; bombeiros da Seção de Buscas e Resgates de Salvamento com Cães e da guarnição de Salvamentos 01; além de servidores da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS, que realizaram sobrevoos na região. Já as investigações sobre o caso estão a cargo do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil.

Sequestro
Segundo a mãe da menina, Daniele de Oliveira Santos, a filha estava brincando na calçada de casa com outra criança. Após oferecer um iogurte a Débora, a mãe entrou e foi rapidamente à cozinha preparar macarrão instantâneo. Ao retornar, não encontrou mais a filha no local.
Vizinhos relataram que viram um homem levando a menina. O suspeito estaria usando um boné e teria seguido com Débora até o viaduto, na Avenida Raul Barbosa. A família registrou um Boletim de Ocorrência, na manhã de ontem, no 13º Distrito Policial.
Ao longo do dia, as buscas pela menina continuaram em toda a região. Até o fechamento desta edição, porém, Débora Lohany não havia sido encontrada.

Balanço
A cada ano, em média 250 mil pessoas desaparecem no Brasil sem deixar rastro. Dessas, 40 mil têm menos de 18 anos, de acordo com estimativas oficiais. Apesar da gravidade do problema – que pode ser ainda maior, já que especialistas apostam na defasagem dos números -, o tema tem recebido pouca atenção do poder público.

Estatísticas
O Ministério da Justiça destaca que a Secretaria Nacional de Segurança Pública está integrando os boletins de ocorrência nas Polícias Civis dos Estados por meio da Rede Infoseg (Rede de Integração Nacional de Informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização) e do Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas).

Fonte: http://www.oestadoce.com.br/

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.