Início Fortaleza Após polêmica, AMC autoriza avanço de sinal vermelho durante a madrugada

Após polêmica, AMC autoriza avanço de sinal vermelho durante a madrugada

0
COMPARTILHAR
Robson Queiroz

Robson Queiroz

Comunicador e Gerente Financeiro em Jornal dos Municípios
Bacharel em Sistema de Informação; Comunicador; Produtor de Eventos; Já trabalhou em programa de notícias na Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube); Em 2013 recebeu a Comenda Jornalista Dutra de Oliveira pelos relevantes serviços prestados a comunicação no Ceará - concedido pela ACEJI (Associação Cearense de Jornalistas do Interior); Coordenador da PASCOM Araturi (Pastoral da Comunicação);Desenvolvedor de sites, sistemas e aplicativos; Programador visual gráfico (designer).
Robson Queiroz

Após a polêmica que se alastrou nas redes sociais, quando um áudio alertava a população de Fortaleza para não ultrapassar o sinal vermelho durante a madrugada, pois multas estavam sendo aplicadas; O assunto fez com que os órgãos regulamentadores locais, como AMC e Detran-CE, se posicionassem a respeito.

O Detran, responsável pelas rodovias estaduais, foi o primeiro a se pronunciar afirmando que permitia o avanço no sinal vermelho de 20h às 5h59min com velocidade máxima de 30km/h. Já a AMC havia informado que não era permitido, que todos os condutores devem respeitar o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e que o motorista que ultrapassasse o sinal vermelho seria penalizado com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) além de pagar multa de R$ 293,47.

Isso gerou uma onda de manifestações nas redes sociais contra a atual gestão, tendo em vista que na gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT) foi emitida uma nota de esclarecimento pela AMC liberando o avanço do sinal sob as mesmas circunstâncias citadas anteriormente.

Pois bem, na manhã desta terça-feira (15/08) a AMC decidiu voltar atrás de sua decisão e informou que será permitido avançar o sinal vermelho entre 20h e 5h59min com velocidade máxima de 30km/h, conforme nota de esclarecimento na imagem abaixo:

Redação Jornal dos Municípios

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.