Início Fortaleza Alemão, que chefiou furto ao Banco Central, tenta escapar de presídio e...

Alemão, que chefiou furto ao Banco Central, tenta escapar de presídio e é baleado

0
COMPARTILHAR

Antônio Jussivan Alves, o “Alemão“, o chefe do furto ao Banco Central de Fortaleza, registrado em 2005, saiu ferido numa tentativa de resgate. O fato ocorreu por volta das 4 horas da madrugada desta terça-feira na Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, situada em Pacatuba (Região Metropolitana de Fortaleza). Ele acabou baleado na barriga quando tentou escapar pelo muro do presídio, informa a Polícia. A ação foi realizada por grupo fortemente armado de fuzis e metralhadoras. Houve confronto.

Seis carros da PM e duas ambulâncias do SAMU conduziram Alemão para o Instituto Dr. José Frota, onde ele é atendido. Ainda não se sabe o real estado de saúde de Alemão.

A assessoria de imprensa da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) confirmou a tentativa de resgate no presídio. Agentes penitenciários e forças do Cotam conseguiram evitar a fuga. Outros presos também saíram feridos na ação, mas a Sejus não repassou dados ainda, nem informou sobre mortes. Ninguém conseguiu fugir.

Além de Alemão, também foi ferido o  traficante de drogas Antônio Carlito Avelino, conhecido por “Boi”. Ele também está no IJF-Centro.

Alemão é apontado como um dos chefes do furto ao Banco Central, fato registrado no dia 5 de agosto de 2005 na Capital cearense. Na ocasião, o grupo liderado por ele conseguiu furtar R$ 164,7 milhões.

Fonte: blogdoeliomar.com.

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.