Estaleiro da Happy Peixe será em Acaraú

0
57

Investimento de R$ 110 milhões, o estaleiro da espanhola Happy Peixe já tem área definida em Acaraú. Na terça-feira, será assinado protocolo de intenções segundo Jorge Borrell Botella, administrador da empresa

A espanhola Happy Peixe assinará na próxima terça-feira protocolo de intenções para instalação de um estaleiro em Acaraú, um investimento total de R$ 110 milhões, segundo o espanhol Jorge Borrell Botella, administrador da empresa e responsável pelas negociações no Ceará. A Happy Peixe chegou a estudar a implantação do equipamento em Caucaia e Paracuru. “Mas Acaraú foi muito mais eficaz”, explicou Botella em entrevista ao O POVO.

O estaleiro produzirá, inicialmente, 40 embarcações pesqueiras ao ano, podendo chegar a 200. Serão gerados 300 empregos diretos, numa área de 70 mil metros². Depois de assinado o protocolo de intenções, a Happy Peixe entrará com o pedido de licenciamento ambiental. “Esperamos iniciar as obras ainda em 2014, mas precisamos esperar a licença”, diz Botella. Por enquanto, o empreendimento tem apenas um pré-projeto, com o definitivo em elaboração.

Ele explica que mira no mercado nacional e da América Latina, mas também aposta na pesca cearense. “Estamos em contato com empresas que estão vindo para cá”.

Segundo Roberto Smith, presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), a empresa queria uma área dentro do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). “Isso não ficaria confortável, mas eles fizeram uma boa escolha por Acaraú. O local é propício e os incentivos fiscais são mais elevados lá”. Ele afirma, ainda, que parte do terreno foi doado pela Prefeitura.

Escola de pesca

Conforme Smith, a Happy Peixe também construirá uma escola de pesca no Município. Em troca, o Estado vai adquirir quatro embarcações, ao custo total de R$ 10 milhões, para equipá-la. “Eles também farão uma escola. O Governo vai adquirir barcos para instrumentar os cursos de pesca oceânica”.

O presidente da Adece diz, ainda, que o estaleiro é importante para o setor pesqueiro nacional. “É muito importante para o Brasil, que está atrasado em pesca oceânica. O fato de termos a construção de estaleiro, por mais que seja pequeno já é um incentivo. Essa é uma área que ainda precisa se desenvolver e a Espanha tem uma história nela”.

O prefeito de Acaraú, Alexandre Gomes, ressalta que o município disputava o investimento com outras cidades cearenses. “Estávamos disputando com outros municípios. Agilizamos os documentos e conseguimos trazer essa fábrica para a nossa cidade”, comemora. Ele explica que foram necessárias desapropriações. “Fizemos como pedido por eles. Desapropriamos um total de cinco hectares somente para a montagem do galpão da fábrica”. (colaborou João Bandeira Neto)

Números

110

milhões de reais é o investimento total no estaleiro de Acaraú

10 milhões de reais é quanto o Estado comprará em barcos para a escola de pesca

Saiba mais

Happy Peixe

O estaleiro de Acaraú produzirá barcos em fibra de vidro para pesca Oceânica

A Happy Peixes foi criada em 2011 a partir da associação dos empresários cearenses Fabiano Moreno Lima e Maximiliano Mapurunga, do espanhol Jorge Borrell Botella e do dinamarquês Morten Sondegard.

O POVO havia noticiado, no início deste ano, que a empresa negociava o município a instalação do equipamento em Caucaia.

O Ceará é o quarto estado em produção de pescado. Em posições superiores ao estado aparecem Santa Catarina, com 183, 7 mil toneladas/ano, Pará, com 143 mil toneladas/ano e Bahia, com 114,5 mil toneladas anuais.

Fonte: http://www.opovo.com.br

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.