Início Municípios Classificação da prova da OAB no Ceará

Classificação da prova da OAB no Ceará

0
COMPARTILHAR
Nenhuma das 865 faculdades de direito representadas pelos seus bacharéis no último Exame de Ordem Unificado teve desempenho “zero” de aprovação, segundo o resultado divulgado pela Ordem dos Advogados do Brasil. Nos piores desempenhos, pelo menos um candidato foi aprovado no Exame da OAB. A aprovação do exame é obrigatória para o bacharel em direito exercer a advocacia.
Na edição anterior do exame, realizado no final do ano passado, 34 faculdades de direito “zeraram”, com a reprovação de todos os seus candidatos inscritos. Desse total, apenas cinco faculdades tiveram bacharéis inscritos no VI Exame da OAB. As outras 29 instituições não tiveram participantes.
Foram aprovados 25.912 candidatos entre 101.936 inscritos em todo o país no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, o que dá um índice de aprovação de 25,4%.

A universidade com o maior índice de aprovação proporcionalmente ao número de inscritos foi a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), de Minas Gerais. Fizeram a prova por essa instituição 102 alunos e foram aprovados 88, perfazendo um percentual de aprovação de 86,27%. Em seguida estão a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com 84,48% de aprovação, e a Fundação Universidade Federal de Viçosa (UFV), também de Minas Gerais, com 80% de aprovação.
Veja o índice de aprovados nas últimas edições do exame
Exame Inscritos Aprovados Índice
VI Exame – 2012 101.936 25.912 25,42%
V Exame – 2011 108.335 26.024 24,01%
IV Exame – 2011 121.380 18.334 15,02%
Exame 2010.3  106.891 12.534 11,73%
Exame 2010.2 106.041 16.974 16,00%
Exame 2010.1 95.764 13.435 14,03%
Exame 2009.3 83.524 13.781 16,50%
Exame 2009.2 70.094 16.507 24,45%
Exame 2009.1 58.761 11.444 27,35%
Exame 2008.3 47.521 12.659 19,48%
Exame 2008.2 39.732 11.668 30,22%
Exame 2008.1 39.357 11.063 28,87%
Fonte: FGV Projetos/OAB
O pior índice entre as faculdades participantes foi da Faculdade de Macapá (AP), na qual apenas um dos 46 candidatos que fizeram as provas foi aprovado, o que dá um índice de aprovação de 2,38%. Em seguida estão o Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba (PI), com 2,50%; a Faculdade Zumbi dos Palmares (SP), com 3,57%; o Instituto Paraíba de Educação e Cultura (PB), com 3,85%; a Faculdade Sinergia (SC) e a Universidade Paulista Unip de Jundiaí (SP), ambas com 4,76%. Todas estas faculdades tiveram apenas um bacharel aprovado, mas o número de participantes foi menor nas que tiveram um índice maior.
 
país pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) no dia 25 de março deste ano e o prazo para a apresentação de recursos ocorreu de 18 a 21 de abril deste ano.
Foram aprovados nesta segunda e última etapa os candidatos que tiraram a nota mínima 6 na prova, que foi composta de uma peça profissional valendo cinco pontos e quatro questões (valendo 1,25 ponto cada) sob a forma de situações-problema, nas seguintes áreas de opção do examinando: direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito empresarial, direito penal, direito do trabalho ou direito tributário e do seu correspondente direito processual. A prova objetiva (primeira fase) do VI Exame foi aplicada no dia 5 de fevereiro deste ano.
O próximo Exame de Ordem teve as inscrições encerradas no domingo (6). A primeira fase, com prova objetiva, será realizada no dia 27 de maio. A segunda fase, com prova prova prático-profissional, será em 8 de julho.
Por G1
Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui