Início Caucaia Caucaia e Fortaleza revisam seus limites

Caucaia e Fortaleza revisam seus limites

0
COMPARTILHAR

Na manhã deste sábado (8/7), o prefeito Naumi Amorim visitou uma das regiões de Caucaia que faz divisa com Fortaleza. Acompanhado de técnicos da Prefeitura da capital, do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) e da Assembleia Legislativa do Ceará, ele esteve no Marechal Rondon, na Grande Jurema.

 

Naumi foi conhecer detalhes do possível redesenho que pode vigorar nas áreas limítrofes e modificar os tamanhos geográfico e populacional dos dois municípios. “Tudo isso depende de um diálogo. Precisamos ceder de um lado e o outro município ceder do outro para tudo ser bom para os dois lados. Já resolvemos essas questões com Maracanaú, agora chegou a vez de Fortaleza”, disse.

 

O presidente da Comissão de Criação de Novos Municípios, Estudos de Limites e Divisas Territoriais da Assembleia, Luiz Carlos Mourão, explicou o intenso trabalho que está sendo feito em todo o Ceará no tocante à atualização dos limites das 184 cidades cearenses. “Nós consideramos a legislação que criou o município e seus limites, e também a questão do ordenamento ao longo do tempo”, detalhou.

 

A questão entre Caucaia e Fortaleza centra-se no fato de que ambos os municípios cresceram muito nos últimos anos, o que gerou uma certa “unificação” entre eles. Algo que precisa ser reajustado. “As áreas urbanas hoje estão bem maiores, há uma densidade demográfica considerável e dentro desse contexto a unificação das duas cidades deixa impraticável a gestão territorial. Por isso foi criada uma proposta de novos limites”, frisou o analista de políticas públicas do Ipece, Cleyber Medeiros.

 

Conforme o prefeito Naumi Amorim, um acordo será firmado entre as duas prefeituras. Para isso, ele pretende reunir-se com o prefeito Roberto Cláudio para aprofundar a discussão. Após as duas gestões chegarem a um acordo, caberá à Assembleia Legislativa aprovar a mudança nas divisas. Após essa aprovação, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia os trabalhos de censos.

 

Com o mapa de Caucaia e Fortaleza redesenhado, a situação de toda a Região Metropolitana estará resolvida. “Hoje viemos fazer esse trabalho de campo para também conhecermos o sentimento da população. É uma questão delicada, principalmente entre esses dois municípios que possuem somente uma linha imaginária dividindo-os. Existem casas aqui que se confundem, parecem pertencer aos dois municípios e, por esse motivo, precisamos restabelecer os limites”, finaliza o presidente da Comissão da Assembleia, Luiz Carlos Mourão.

 

Naumi Amorim comemora a disposição das duas administrações para resolver um problema de décadas. “Quem vai ganhar é a população. É o povo de Caucaia; é o povo de Fortaleza. Porque tem gente que vota em Caucaia, paga imposto de Fortaleza e não sabe a quem reclamar os direitos. Fazendo esse ajuste, nós vamos delimitar tudo direitinho e a população vai saber procurar os órgãos corretos pra reivindicar.”

 

Fonte: http://www.caucaia.ce.gov.br

 

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui