Início Municípios Capital dos fósseis celebra 128 anos de emancipação

Capital dos fósseis celebra 128 anos de emancipação

0
COMPARTILHAR

Santana do Cariri, primitivamente, chamada de Brejo Grande, foi habitada, pela tribo de guerreiros Buxixés. A história do município remonta do final do século XVII, quando os irmãos João Alves Feitosa e José Cavalcante obtiveram alguns lotes de terra as margens do Riacho Brejo Grande. Com o rápido desenvolvimento do local, resultado de condições geologicamente favoráveis, erigiu-se ali uma capela sob a proteção de Nossa Senhora Santana – onde hoje se encontra a atual Matriz – surgindo, assim, o arraial que
originaria Santana do Cariri.
O município de Santana do Cariri foi criado pela Lei 2096, de 25 de Novembro de 1885, que elevou a povoação de Santana do Brejo Grande à categoria de Vila. Além de Santana do Brejo Grande que foi seu primeiro nome, Santana também já foi chamada de Santana do Araripe, Santana do Cariry, Santanópole e finalmente voltou à denominação tradicional em 22 de Novembro de 1951, chamando-se Santana do Cariri.

Hoje Santana do Cariri, leva o título de capital Cearense da Paleontologia pelo decreto de lei 102/2005

É constituída por (7) sete Distritos. Além da Sede existem os distritos de Anjinhos, Araporanga, Brejo Grande, Dom Leme, Inhumas e Pontal da Santa Cruz. A história do povo de Santana é de muita luta pelo desenvolvimento do município, prova disso é o fato de já em 1937 ter começado a imprensa a fazer parte da história do município. Vários jornais foram lançados ao passar dos anos, porém todos tinham uma característica em comum, sugestões para acelerar o progresso de Santana.

Data da elevação do arraial à categoria de Vila: 25 de novembro de 1885, segundo a Lei Provincial nº 2.096.
Data da elevação à categoria de Município: 20 de dezembro de 1938, ainda, com o nome de Santonópole, sob a forma do Dec-Lei nº 448.

Hoje Santana do Cariri, leva o título de capital Cearense da Paleontologia pelo decreto de lei 102/2005, e se destaca por estar com o primeiro processo de Beatificação do Estado do Ceará, o caso de Benigna Cardoso da Silva!

Por Amaury Alencar

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.