Câmara de Quixeramobim rejeita novamente pedido de impeachment de Cirilo Pimenta

0
51

Vereadores da Câmara Municipal do município de Quixeramobim rejeitaram, nesta quarta-feira (13), pedido de impeachment, recomendado pelo Ministério Público do Estado (MPE), do prefeito Cirilo Pimenta (PSD), o vice, Tarso Borges (PMDB), e de mais 6 vereadores, entre eles, a irmã do prefeito.

A Polícia Militar precisou ser acionada para controlar a confusão na

Câmara Municipal de Quixeramobim. FOTO: Sistema Maior.

Após a sessão presidida pelo vereador Antônio Filho (PT), correligionários do prefeito e oposicionistas começaram discutir ainda dentro do plenário. Depois do bate-boca, os dois grupos trocaram tapas, socos e empurrões.

Durante a confusão, a bancada dividindo o parlamento do público foi ao chão. Os seguranças agiram e retiraram quem estava brigando, e, logo depois, a polícia controlou a situação. Mesmo assim, a sessão foi encerrada pelo vereador Antônio Filho. Ninguém foi preso.

 

O pedido de impeachment foi feito pelo MPE no último dia 30 de outubro após a “Operação Tolerância Zero“, que cumpriu mandados de busca na casa de políticos e órgãos públicos da cidade. A operação detectou uma série de atos de improbidade e crimes que envolvem parentes.

Prefeitura já passou por outras operações

Desde o início de 2013, o MPE já realizou 4 operações na Prefeitura de Quixeramobim. A mais recente foi realizada no dia 5 de novembro, em que os promotores constataram a contratação irregular de rádios e profissionais de comunicação no município.

A rejeição do pedido de impeachment contou com 11 votos a favor e 4 contra. Após a sessão, militantes da base aliada comemoraram com carreata e fogos de artifício, na data que coincide com o aniversário do prefeito Cirilo Pimenta.

Com informações do correspondente Alex Pimentel

Do Diário do Nordeste

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.