Início Internacional Hotel de comitiva de cearenses sofre ataque terrorista em Israel

Hotel de comitiva de cearenses sofre ataque terrorista em Israel

0
COMPARTILHAR

Tel Aviv – O hotel onde está hospedada uma comitiva de cearenses, que está a trabalho em Israel, foi palco de um atentado terrorista, na tarde desse domingo, 23. Quatro pessoas ficaram levemente feridas, sendo três turistas e um funcionário do hotel. A delegação do Ceará inclui, entre outros, o deputado estadual Carlos Matos, o reitor da UECE, Jackson Sampaio, o reitor da UVA, Fabiano Carvalho, o vice-reitor da URCA, Francisco Júnior, a pró-reitora da extensão da UFC, Márcia Tavares, o pró-reitor do IFCE, Wally Menezes, os diretores do Banco do Nordeste Eduardo Gaspar e Luiz Esteves e o vice-presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Dummar Neto. Nenhum membro da comitiva foi atingido.

Por volta das 14h e 30min, um homem de 18 anos entrou desarmado no Leonardo Beach Hotel, que fica numa movimentada zona turística, à beira do Mar Mediterrâneo. Dirigiu-se tranquilamente à recepção, apanhou um grampeador de papel, entrou na loja de conveniência e agrediu um casal de turistas com o objeto. Câmeras internas flagraram a ação, que foi considerada “um incidente relacionado ao terrorismo” pelas autoridades israelenses.

Na fuga, um funcionário do hotel tenta imobilizar o agressor, mas também é atacado e ferido. O marido da mulher atacada consegue em seguida mobilizar o terrorista, que é preso momentos depois pela polícia, após quebrar a porta de vidro do Hotel. Uma das vítimas, Jacqueline Wingerover, de 50 anos, e seu marido, de 70, ficaram levemente feridos. Outro homem, de também 70 anos, sofreu golpes do agressor no atentado.

O terrorista é palestino, da cidade de Nablus no norte na Cisjordânia e, segundo relato de um recepcionista do hotel, teria dito que “queria matar um judeu”. A imprensa local divulga a versão de que ele havia recebido uma autorização especial de entrada no país, por meio de um programa que permite o acesso temporário de palestinos em Israel, como parte do esforço para reduzir a tensão entre árabes e judeus.

Da comitiva cearense participam representantes de governos, BNB, universidades, empresários e imprensa. O objetivo é promover a integração entre os dois países, com foco na gestão de recursos hídricos, inovação e aceleração de startups, que são empresas iniciantes. A rapidez da operação policial e a aparente tranquilidade dos funcionários do hotel fez com que a comitiva de cearenses nem percebesse o incidente. Parte do grupo havia chegado ao hotel momentos depois do ataque.

Recepcionista do hotel, o ucraniano Oleg Yokrvedson, de 60 anos, demonstrava calma e disse aceitar o fato como “corriqueiro”. Ele vive em Jerusalém e conta que já viu de perto muitos, até casos mais graves, anteriormente. “Esse rapaz deve pagar de 15 a 20 anos de cadeia e certamente vai virar um herói em sua comunidade”, comenta indiferente. O ataque aconteceu na véspera do Dia do Holocausto, quando os judeus prestam homenagens às vítimas da segunda guerra mundial.

Segundo Eduardo Gaspar, do Banco do Nordeste e um dos organizadores da missão cearense, o fato não deve atrapalhar os trabalhos do grupo, que seguirá a programação estabelecida até o próximo dia 28. Ainda devem se juntar à delegação o secretário de Planejamento do Estado, Maia Junior, o secretário adjunto da Secitece, Francisco Carvalho, e o Presidente do BNB, Marcos Holanda.

As vítimas do atentado foram socorridas no local pelo serviço de urgência médica, encaminhadas para o Ichilov Hospital e liberadas. Desde 2015, cresce o número de ataques de palestinos motivados pela chamada “intifada dos lobos solitários”. Pessoas que não têm relação direta com grupos terroristas e agem por conta própria, se utilizando geralmente de facas e outras armas brancas. Neste período, já foram mortos 41 israelenses, três turistas estrangeiros e 250 palestinos.

Fonte: para O POVO Online, Luiz Viana de Tel Aviv

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.