Início Internacional Bebê volta à vida depois de passar 10 horas ‘morto’ no necrotério

Bebê volta à vida depois de passar 10 horas ‘morto’ no necrotério

0
COMPARTILHAR

Um bebê colombiano voltou à vida depois de ser considerado morto e ficar 10 horas no necrotério.

A criança nasceu prematura em Quibdo, no estado de Choco-Colômbia. Sua mãe, Jenny Hurtado, tinha apenas 27 semanas de gravidez quando foi levada às pressas para o Hospital San Francisco de Asis às 2:45 da manhã do dia 13 de novembro.

Os médicos realizaram uma cirurgia de emergência, mas não encontraram nenhum sinal de vida e declararam o bebê falecido 35 minutos após a cirurgia. Levado ao necrotério, o bebê foi colocado em uma caixa e ficou aguardando que seu pai o buscasse.

Quando seu pai chegou, o atendente entregou o bebê e eles ouviram um grito suave vindo da caixa. Percebendo que a criança estava viva, os trabalhadores correram até a clínica Santa Teresita del Niño Jesus, em Bogotá, com auxílio de um avião.

O médico Javier Zagarra afirmou que a declaração de morte equivocada poderia ter sido evitada se ao menos uma única batida do coração fosse registrada: “Em alguns casos, os movimentos cardíacos não são perceptíveis, embora o recém-nascido esteja vivo, o que faz com que declaremos morto”.A criança continua viva e está sob cuidados médicos em uma UTI com respirador artificial. Sua mãe em Quibdo está se recuperando da confusão.

Ao envolver o bebê em um lençol ou aquecê-lo, seus sinais vitais podem ficar mais evidentes”, acrescentou.

Fonte: R7

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.