Início Importação Importar para o Brasil está mais rápido que comprar em lojas brasileiras

Importar para o Brasil está mais rápido que comprar em lojas brasileiras

0
COMPARTILHAR
Robson Queiroz

Robson Queiroz

Comunicador e Gerente Financeiro em Jornal dos Municípios
Bacharel em Sistema de Informação; Comunicador; Produtor de Eventos; Já trabalhou em programa de notícias na Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube); Em 2013 recebeu a Comenda Jornalista Dutra de Oliveira pelos relevantes serviços prestados a comunicação no Ceará - concedido pela ACEJI (Associação Cearense de Jornalistas do Interior); Coordenador da PASCOM Araturi (Pastoral da Comunicação);Desenvolvedor de sites, sistemas e aplicativos; Programador visual gráfico (designer).
Robson Queiroz

Um mercado que vem crescendo há alguns anos no Brasil é o de compras online. Cada vez está mais fácil e seguro comprar aquele produto que você precisa sem precisar sair de casa. Para isso os consumidores devem estar atentos para comprar em lojas virtuais seguras e conhecidas. Uma dica importante é pesquisar em sites de reclamações o que se fala sobre uma determinada loja virtual antes de efetuar alguma compra, ver como ficou a classificação do atendimento da loja e se os problemas foram solucionados.

Tendo consciência de que uma loja é segura para se efetuar uma compra há um empecilho que muitas vezes é o responsável pelo consumidor desistir da compra, trata-se do frete, muitas vezes com valores desproporcionais, chegando a ser mais caro que o produto em alguns casos, as entregas realizadas pelas lojas brasileiras chegam a demorar mais de 20 dias.

Como é do conhecimento popular, no Brasil, os impostos são muito alto vigorando desde a produção até a comercialização, isso torna os preços dos produtos superior ao que é vendido no mercado internacional. Mesmo com a alta do dólar, que antes da crise era equivalente a menos de R$ 2,00 e atualmente ultrapassa os R$ 3,00, muitos produtos estrangeiros, em especial eletrônicos, saem com um preço muito mais em conta, mesmo que quando cheguem no Brasil sejam tarifados pela alfândega e pelos Correios.

Um fato que vem chamando atenção dos brasileiros que costumam fazer essas importações em lojas internacionais, que oferecem entre os muitos benefícios o do frete grátis ou com valores bem inferiores aos praticados no Brasil, é de que a maioria das entregas compradas em uma nova modalidade que está em teste pelas lojas virtuais estrangeiras, BR EXPRESS, está chegando ao consumidor em cerca de 10 a 15 dias após o envio.

Para quem é acostumado a fazer importações sabe que em média se espera cerca de 60 dias após a compra para receber o produto, logo uma redução de 60 para 15 dias é algo realmente muito atrativo.

Dentre as lojas que estão oferecendo essa nova modalidade de frete, a GearBest apresenta esse serviço com o nome de: Priority Line/BR EXPRESS. Ao abrir o site da loja pelo computador você deve olhar no canto superior direito se está ativada a opção: “SHIP TO BRAZIL/BRL” (Enviar para o Brasil), caso não esteja é só marcar, colocar o produto no carrinho e escolher a modalidade indicada no campo: Available Shipping Methods (Métodos de Envio Disponíveis).

Gostaram da informação? Compartilha a novidade com seus amigos utilizando nossos botões de compartilhamento e deixe seu comentário do que você gostaria de saber sobre esse assunto ou outros do seu interesse.

Robson Queiroz
Redação Jornal dos Municípios

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui