Início Futebol Fortaleza: ´Desmonte´ derruba ídolos

Fortaleza: ´Desmonte´ derruba ídolos

0
COMPARTILHAR

Geraldo chegou como garoto propaganda do time, alguém para ser líder dentro e fora de campo. Mas acabou rescindindo contrato com o clube FOTO:

JOSÉ LEOMAR

Discretamente, o Fortaleza começou a fazer o desmonte do elenco que fez com que o time passasse quase toda a edição da Série C 2012 como favorito para o acesso, fracassando justamente no jogo final contra o Oeste.

Ontem, a diretoria rescindiu contrato com sete jogadores, começando pelos ídolos Geraldo e Cléo. O primeiro foi o grande garoto propaganda do sócio-torcedor do Fortaleza, levando sempre grandes públicos ao estádio.

Tendo chegado em fevereiro para defender o Leão, Geraldo foi o aglutinador do elenco, sendo o homem que uniu jogadores e diretoria. Foi também o artilheiro do time na temporada, marcando 15 gols em 44 jogos, dos 52 que o Tricolor realizou na temporada de 2012. Seu contrato iria até 10 de dezembro.

Já o atacante Cléo decididamente não caiu nas graças do técnico Vica, ficando a maior parte do tempo no banco de reservas nos jogos da Série C sob o comando do treinador. Atuou em 31 partidas pelo Leão e marcou 10 gols. Quando viu que não o queriam no Pici, assinou contrato com o maior rival, o Ceará.

Rescindiram também os volantes Marielson e Elton, o zagueiro Cléber Carioca, o lateral-esquerdo Marinho Donizete e o atacante Ray. Nenhum deles fazia mais parte dos planos do Tricolor para a temporada de 2013.

Outros na mira

E não são apenas os citados acima que poderão sair. O goleiro Fabio Lima, por exemplo, que havia renovado contrato por dois anos, deseja sair para jogar pelo Baraúnas/RN, a convite do técnico Filinto Holanda. Outro que pode sair é o volante Esley – está nos planos do Bragantino.

Ciro Sena

E o zagueiro Ciro Sena, outro xodó da torcida, corre o risco de não ficar, embora tenha contrato com o clube até o fim de 2013. O problema é que estão querendo reduzir o salário do jogador e ele não estaria de acordo.

Justificativas

O presidente do clube, Osmar Baquit, disse ontem a uma emissora de rádio que não tem ninguém insubstituível no Fortaleza. “Precisamos reformular e vamos formar um time melhor do que foi esse. O técnico Vica considerou que a média de idade do nosso time estava alta, em torno de 31 anos. Então, ele quer um grupo com média de 25 a 26 anos”, tentou justificar o presidente do Tricolor. “Outros atletas serão contratados”, disse.

Do Diário do Nordeste

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

Deixe uma resposta

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome aqui