show do Padre Fabio de Melo deverá custar 90 mil reais

6
108

Um dos eventos mais esperados na cidade de Crateús, para dezembro  sem duvida é a vinda do Padre “ cantor ” Fabio de Melo, que estará fazendo um apresentação no estádio municipal Juvenal Melo “ Jumelão ” no dia 15 de dezembro.

Soubemos que as exigências feita pelo Padre Fabio de Melo, não caiu bem, principalmente quando a população tomou conhecimento de varias exigências feitas pelo pároco, sem falar , que segundo informações , o show deverá custar R$ 90 mil reais, onde o ingresso chega a R$ 15 e 20 reais.

Tido na mídia como um fenômeno , Fabio de Melo, tem feito bastante show pelo Brasil, mais tem sido criticado pelo valor cobrado pelos seus eventos, como o de Natal-RN, que chegou a R$ 221 mil reais, sendo desmentido pelo padre no evento.

Nosso objetivo , não é ser contra o evento , a vinda de um homem publico , como o Padre Fabio de Melo, para a cidade de Crateús , é uma forma até de atrair as atenções para a situação que passa nosso município, onde estamos vivenciando uma seca sem precedente, o que questionamos , é o valor cobrado para se assistir, a quem virá para evangelizar, como ele mesmo afirmou a um site “Tenho 14 anos de evangelização pela música e nunca aceitei qualquer forma de corrupção no meu trabalho ou na equipe que me assessora ” disse Fabio de Melo , no Twitter. Fonte : Tribuna do Norte.

Fonte: www.crateusnoticias.com.br

Zeudir Queiroz

Zeudir Queiroz

Aceji - Associação Cearense de Jornalistas do Interior em Diretor
Comunicador há mais de 30 anos, comanda o Jornal dos Municípios, que veio de um programa da Rádio Clube de Fortaleza (antiga Ceará Rádio Clube) para as páginas de internet.Atualmente exerce o cargo de diretor da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), sendo também ex-presidente da instituição.
Zeudir Queiroz

6 COMENTÁRIOS

  1. Verdade, muitas instituições foram, são e serão, beneficiadas com shows realizados pelo Padre Fábio, e pelo shows que já fui e comentários, pessoa, super simples e sem exigências, a não ser, claro, as normais para que um evento aconteça, isto nem se pode dizer exigência. Digo, por já seguir seu trabalho de Evangelização por anos! Ha que se ter noção do todo e conhecer de perto antes.

  2. Sim, Leila, e as Dioceses ao qual ele doa todo cachê, como em Maringá e na Diocese de Ji-Paraná.

    Toda a agenda dele e sempre para obras de caridades,como ongs,fundações,hospitais e casa de apoio ao câncer.Ninguem e obrigado a contratar shows dele,tem custo sim,ele precisa da banda dele( que vivem do que trabalham) dos instrumentos,e isto fica caro o transporte,ou vc acha que ele carrega tudo dentro da mala?Atras de tudo isto são diversas familia que ele mantém e não vai para o bolso dele como vc quer insinuar,ele presta contas a paroquia dele tb.É sempre bom averiguar e avaliar TUDO antes de escrever bobagens.Conheça primeiro o trabalho dele.
    (Tido na mídia como um fenômeno) como vc o descreve,mas ele a usa para evangelizar e trouxe mtas pessoas e jovens de volta a igreja que tinham se afastado.

    Vcs deveriam e agradecer por ele ter aceito o convite ja que como vc msm diz passam por momentos dificil,ele poderia sim estar em outro local aonde o recebe-se com carinho e respeito que ele merece.

    • Realmente Robson! E quem conhece o trabalho do Padre e o acompanha de fato, vê o quanto bem Ele faz por tanta gente, a diferença é que ele não fica arrotando por aí o que faz, sempre que sabemos é por boca de terceiros, geralmente os que foram beneficiados e se sentem agradecidos. Deus merece o melhor sempre. E as obras geradas deste bem, que são muitas! Boa tarde.

  3. Não sei se os valores cobrados são altos. Antigamente, xous de Roberto Carlos, Maria Betânia, Simone etc., no Canecão (Rio de Janeiro), ficavam meses em cartaz. Hoje, normalmente, ficam apenas semanas (quando ficam!). Segundo Maria Betânia, os gastos são tantos que os ingressos seriam inacessíveis se cobrados pelo valor real, e os xous, hoje, só acontecem quando há patrocínio de grandes empresas. Acho que nem Elis Regina, que apresentou o “Falso Brilhante” durante mais de um ano, conseguiria isso se o espetáculo tivesse sido lançado nos dias atuais e não em 1975.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.